Você  vai começar uma mudança profunda organizando o seu guardaroupa, afinal arrumar um cantinho para acomodar suas coisas e ainda eliminar aquelas peças que não usa mais, e estão ocupando espaço lá no fundo do armário, é como reorganizar sua própria vida.

 

Verifique todas as peças que possui e avalie quais são realmente usadas e aquelas que não servem mais. Aproveite para separar roupas, sapatos e acessórios, em bom estado, e as que já passaram da hora de irem para o museu. Então tire tudo do armário e pense com carinho sobre cada muda de roupa. Aproveite para limpar seu armário com uma flanela limpa e água e deixe as portas abertas pelo menos um dia na semana. Isso ajuda a manter suas roupas sem aquele cheiro de guardado.

Depois deste processo de “bota-fora”, é preciso dobrar uma a uma as que sobraram e separá-las por estilo, estação e cores. Primeiro as brancas e claras, depois tons mais fortes, tons escuros e por último as estampadas. Isso vai facilitar na hora de compor o seu look e você vai perder menos tempo procurando suas peças. Nas gavetas, mantenha a organização por cores. Outra forma de organizar as gavetas é utilizando colmeias. As colmeias são ótimas para guardar peças pequenas como calcinhas, sutiãs e meias, além de acessórios. Para ter mais praticidade, é bom sempre deixar as roupas específicas da estação na parte da frente do guarda roupa. No verão, coloque as roupas fresquinhas em um lugar mais acessível do guarda-roupa e assim por diante. Vestidos longos e casacos ficam juntos, depois as peças mais curtas, como camisas e blazers, e por fim as calças e saias.

A escolha dos cabides pode influenciar bastante na hora de poupar espaço no seu guarda roupa. Tenha cabides do mesmo modelo e coloque-os sempre na mesma direção, preferencialmente com o gancho para dentro. Abandone os modelos de madeira, por ocuparem muito espaço, e os coloridos, por causarem uma verdadeira poluição visual. Opte por modelos finos e sem cor, de preferência escuros ou  cromados. Os cabides com pregadores devem ser usados para calças e saias, assim elas não correrão o risco de cair.  Já que os sapatos ocupam bastante espaço, é preciso dar uma atenção especial a eles. Existem no mercado algumas caixas transparentes para que você possa identificar um sapato com facilidade. Uma dica mais econômica é colocar etiquetas e marcar a cor e o modelo do calçado. Não se esqueça de organizar as caixas de forma que os mais usados sejam mais fáceis de serem encontrados e retirados do armário. Isso evita a bagunça e a perda de tempo. Arrume em gavetas: meias, calcinhas, sutiãs, cuecas, roupas de ginástica e pijamas. Para as meias, calcinhas e cuecas, os organizadores, aqueles que dividem em nichos o espaço da gaveta, podendo ser de tecido ou acrílico, são recomendáveis. Mas atenção, antes de comprá-los, tenha em mãos as medidas da gaveta para adquirir um modelo compatível.

Nunca guarde suas roupas em sacos plásticos completamente vedados, pois as roupas precisam respirar. Prefira saquinhos de TNT ou sacos específicos para guardar roupas de inverno como blusas de lã e casacos pesados.

Guarda roupa não é lugar de guardar contas, recibos, notas fiscais e estoque de material de escritório e papelaria Se o guarda roupas está lotado e abarrotado de miudezas e papelada como priorizar a organização das roupas do dia a dia? Se for necessário, guarde essas coisas em caixas transparentes e organize em outro armário ou cômodo. Retire do guarda roupa papéis, livros, cadernos, sacolas de lojas, miudezas que lotam as prateleiras.